domingo, 25 de setembro de 2011

+ Diretrizes da doação de deeksha

 Para melhor compreensão do movimento da unidade e do "espírito" da benção da unidade, é interessante conhecer as orientações que os deeksha givers devem seguir: Diretrizes da doação de deeksha.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

+ Moola Mantra

Om satchitananda parabrahma
Purushothama paramatma
Sri Bhagavathi sametha
Sri Bhagavathe namaha

Primeiro há toda a existência, inteligência e felicidade (satchitananda). A fonte de todas as coisas. Ela se torna parte do próximo nível de manifestação (parabrahma), que se torna o universo. Este se torna o Um Ser (purushothama), o qual é o próximo estágio na evolução. Paramatma habita em todos nós, controla e move a criação. Se manifesta em seres vivos, encarnação masculina e feminina do divino (duas últimas frases). O mantra é uma evolução da consciência, refletindo como, em estágios, o um se torna muitos.
Sri Bhagavan

domingo, 14 de fevereiro de 2010

+ Vida é oscilação / Life is oscillation



A vida é movimento. Uma oscilação entre ordem e desordem. Luz e sombra. O surgimento e o desaparecimento. No curso natural das coisas, a ordem, à medida que se move em direção à desordem, poderia mover vocês para longe da unidade, em direção da divisão. Como seres conscientes vocês poderiam usar o poder da benção para fazer este fluxo seguir de volta da divisão para a unidade.
No corpo humano, sempre que há informação disconexa entre as várias células, ela se desvia da unidade. Um retorno para a unidade entre os vários sistemas do corpo humano é um retorno para saúde. Em uma família, sempre que haja dor e desconfiança, há um movimento para longe da unidade. Uma cura do coração e o florescimento do amor é uma forma de retornar à unidade.
Dentro de você, em momentos de conflito, entre o certo e o errado, entre o certo e o mais certo, existe uma desordem, há uma parte de você que você nega, cujos desejos e vozes você escolhe ignorar. Isto é inevitável e é parte do drama da vida. Que seja assim, essas partes fragmentadas de você mesmo precisam ser curadas, precisam ser aceitas.
Nosso retorno à unidade interior é possível, por meio da aceitação da vida, e a experiência de si mesmo sem resistência. As forças universais produzem desordem no corpo, entre as várias personalidades, entre as nações, e nas várias formas de vida, há uma oportunidade de elevar a vida a um maior grau de ordem e unidade. Lembre-se portanto que todo desafio que vem na forma de desordem e divisão está chamando você a um nível maior de ordem e unidade. Esta oscilação é uma dança da criação sem fim. Portanto deixe a benção ser recebida hoje com a intenção de estar consciente dos padrões de ordem indo no sentido da desordem, em todas areans da vida. Uma consciência total e não resistente desses padrões é unidade. Deixe-me repetir: uma consciência total e não resistente desses padrões é unidade.

+ Holanda / Netherlands

Vídeo-conferência de Sri Bhagavan com Holanda, em 30 de novembro de 2009. Assista ao vídeo.


PERGUNTA 1: Qual é sua visão sobre o futuro e que papel você vê para cada um de nós, os instrutores, os blessing (Deeksha) givers, e a organização da Oneness na Holanda ?

BHAGAVAN: Sim, é importante entender que a Oneness é um fenômeno que nasceu no ano de 1989. O fenômeno vem crescendo desde então. Agora o que é necessário é a dissolução da estrutura organizacional da Oneness, o que significa: as pessoas de todo mundo devem assumir o trabalho. As pessoas nos seus respectivos países, os blessing givers, os instrutores, devem assumir este trabalho.
                   Então, como primeiro passo, a partir de 03 de dezembro de 2009, após o pôr-do-sol no horário local, os instrutores da Oneness iniciarão eles mesmos as pessoas para se tornarem blessing givers após concluírem seus cursos. Eles tem esse curso de Experiência da Unidade, por dois dias, aquele curso eles conduzem sem o vídeo mas assimilandoos ensinamentos dentro da sua própria vida e a partir de suas próprias experiÊncias eles devem expor os ensinamentos e então dar uma iniciação especial a qual eles estarão ensinando e então eles se tornarão blessing givers. Eles não tem que ir à Itália ou Fiji ou à Índia para se tornarem blessing givers. Este é o primeiro passo.
                  Então progressivamente nós gostaríamos que os instrutores mesmos conduzam outros cursos como de Nível 1 e Nível 2, exceto o Nível 3. Todos outros cursos eles deveriam gradualmente aprender a conduzir eles mesmos em seus próprios países. O Nível 3 somente seria uma interação entre eu e você, na qual eu converso com você sobre assuntos espirituais, isto será o Nível 3. Isto continuará até 2012 ou no máximo 2014, depois do que isto também parará. Então seu papel agora é ter mais instrutores para que você possa produzir mais blessing givers no ano 2010 e 11. 2012 é o ano da ação, que é o ano mais crucial quando estaremos entrando no processo. Em 2012 grupos de blessing givers, pequenos, médios, grandes, poderia ser formado em toda Holanda. E essas pessoas devem começar a dar deekshas uns aos outros de uma forma muito especial, a qual ensinaremos a vocês no ano 2012, por exemplo, no mês de janeiro poderia haver 4 eventos deste tipo, nos quais vocês darão bênçãos uns aos outros; Eu participarei neles. Eles seriam realizados nos meses de fevereiro, março, abril e dezembro de 2012 todos os dias eu encontrarei você e todos os dias vocês darão deeksha uns aos outros. Isto será no mês de dezembro de 2012, quando isto acontece coletivamente, não individualmente, coletivamente, você estará se movendo a estados mais elevados de consciência. Seja qual o tipo de consciência à qual você foi atraído, ou tem desejado, por exemplo, os cristãos entrarão na consciência de Cristo, os budistas, na consciência budista, os hindus, na consciência hindu, e os mulçumanos, na consciência islâmica. Elas não serão as mesmas, serão muito diferentes umas das outras. É por isso que este movimento não é chamado Mesmismo (NT: “de mesmo, mesmice”), é chamado Unidade. Mas o fato mais estranho é que apesar do cristão entrar na consciência de Cristo, e um budista entrar na consciência de Buda, ou um mulçumano entrar na consciência islâmica, suas experiências se unirão como uma.
               Apesar da experiência deles ser muito diferente, eles se unirão como um. Então em dezembro de 2012 isto deveria acontecer, em 2013 e 2014 nós poderemos estar nos dedicando a estabilizar as coisas. Após 2014 a Oneness é completamente dissolvida, e todos nós iremos viver nossas vidas simples e anônimas, para serem esquecidas. Porque nós não queremos nos perpetuar. Se isto acontecer a Oneness será destruída. A Oneness não é um conceito, não é um credo, é uma experiência viva. Não deveria ser expressa por pensamento ou por pessoas. Então nós seguimos vivendo e ela desaparece, este é o nosso plano de ação. Então podemos ir para a segunda pergunta agora ?

PERGUNTA 2: Como podemos lidar com a dor e a insegurança que sentimos agora por causa da situação da organização da Oneness ?

BHAGAVAN: Esta situação surgiu porque nós iniciamos um processo de dissolução, é o que levou a este tipo de situação e nos próximos meses e anos nós estaremos accelerando esta dissolução e à medida que finalmente estivermos completamente dissolvidos, não haverá mais dor alguma. Enquanto a Oneness permanecer uma estrutura organizacional este tipo de coisas acontecerá e este tipo de dor existirá. Então à medida que nos dissolvermos o grande… desaparece então esperemos pela dissolução final. Próxima pergunta por favor.

PERGUNTA 3: Alguns instrutores Oneness e blessing givers ainda estão intensamente imersos em entender seus processo. E agora você está nos contando que a partir de 2010, Nível 1 e Nível 2 serão feitos por instrutores. Como podemos realizar a Unidade tão rápido nestas condições ?

BHAGAVAN: O fenômeno é observado de perto na Índia, e desde 89 o fenômeno vem crescendo e temos chegado a um momento em que cresce a cada semana e nós acreditamos que em 2012 será muito poderoso, mais poderoso em 2011 e muito, muito poderoso em 2012. Então nós acreditamos que as coisas que levaram um longo tempo antes poderiam ser feitas muito mais rápido. Nós temos a experiência com os indianos agora e acreditamos que será o mesmo com os ocidentais e por favor não esqueçam o que (nome) um grande professor budista.... disse: “é quando o pássaro de ferro voa no ar o despertar ou iluminação aconteceria em menos de 3 minutos. “ Isto poderia ser um exagero, claro, mas o tempo chegou, o pássaro de ferro tem voado por um bom tempo agora, então a hora chegou.
                      As coisas estão acontecendo dramaticamente rápido, mas isto requer descentralização e a dissolução de estruturas. O que está segurando o fenômeno são os cursos e a estrutura de taxas. Quando os cursos são reduzidos e as taxas reduzidas você verificará que o fenômeno está crescendo muito, muito rápido. Este é o passo que vocês estão dando agora. Por exemplo se você vier para o Nível 1 na Índia isto custaria somente 700 dólares. Não há taxa alguma para o curso, você estará pagando somente pela comida, pela acomodação, pela lavanderia, e transporte interno. Agora a mesma coisa eu acredito se você for para a Itália custará mais de 3000 dólares, isto é o que eu entendo. Mas aqui há coisas ainda mais baratas que estamos lançando, é quase de graça... então o fator dinheiro está sendo removido, muito muito rapidamente.
                    E então a estrutura: você não tem que vir toda hora para a Índia para aprender ou crescer. Os instrutores poderiam ser fortemente treinados por nós em uma grande onda e eles serão capazes de fazer muito trabalho. O Nível 3 estará disponível para vocês graças à tecnologia moderna. Você pode me fazer perguntas espirituais e... a você diretamente e nós nos encontraremos aqui juntos. As coisas tem que ser apressadas, nós temos que nos mover muito muito rápido, porque há apenas 2 anos 2011 e 2012. Em 2012 a partir de janeiro nós termos que começar a agir, então não podemos seguir estruturas para ir à Itália ou Fiji, pagar tanto. Desta forma não vai funcionar… e você tem que ficar em pé sobre seus próprios pés, você precisa se tornar um instructor, um professor, um blessing giver, você precisa se tornar tudo, você precisa iniciar pessoas. Vocês não podem todos vir à Índia, isto nunca vai acontecer. Nós não podemos nos dar ao luxo de perder a grande oportunidade para a humanidade…. Esta é a resposta para a terceira pergunta. Eu acho que todas as perguntas terminaram ? … parece haver algum silêncio.

Onno: Bhagavan, há uma pergunta de um blessing giver, tudo se ele a fizer ?
Bhagavan: sim, perfeitamente, siga adiante

PERGUNTA 4: Harmen, talvez você o conheça, Harmen instructor ? Ele pergunta se sera possível para os instrutores iniciarem pessoas como blessing givers em 2009 ou 2010.

BHAGAVAN: Em 03 de dezembro de 2009, eu falei, após o pôr-do-sol, você pode começar a iniciar pessoas. Devo demonstrar como isto deverá ser feito ?
Audiência: Sim
BHAGAVAN aponta e diz: "Você vê esta cabeça? Há um ponto chamado bramasthan , é um ponto no meio da cabeça. Vocês devem ter visto bebês pequenos, o centro da cabeça começa como um osso macio quando eles nascem, o qual endurece. Este é o ponto. Então você pega seus dedos do meio, e os coloca juntos neste ponto. Primeiro relaxe a pessoa e você mesmo. Coloque os dedos do meio neste ponto. Os outros dedos podem se apoiar no crânio. Os dedos... devem estar desta forma, e os polegares assim, um pouco como uma pirâmide. Agora invoque o Ser Divino com o qual você tem contato. Se é Cristo você invoca Cristo, se é um deus hindu, você invoca aquele deus hindu, e é Allah, você invoca Allah. Agora a forma de fazer isto é rezar para Cristo ou Allah, pedindo a eles para entrar nesta pessoa e torná-la um blessing giver. Você deve repetir esta oração por três minutos. Se você não tem uma conexão com nenhum destes Seres você pode conectar com Amma Bhagavan. SE você se conecta ou não, você deveria invocar AmmaBhagavan, eles virão; você não precisa ter uma conexão conosco para nós irmos, mas para outros Seres você precisa uma conexão. Mas siga repetindo a oração por 3 minutos.
                       Então gentilmente toque a cabeça do blessing giver com as duas mãos, por apenas um minute, e então as retire. Após 10 ou 15 minutos ele pode ir e dar blessings/deekshas para outros, talez 5 pessoas, 10 pessoas, ele deve dar a Deeksha a eles, e então ele deve repetir isto nos próximos dias, e você vai verificar que está indo tudo muito bem, e uma vez que ele tenha esta convicção ela irá muito, muito mais rápido, e isto sera muito rápido em 2010, mais rápido em 2011 e mais rápido em 2012.
                       Então todos instrutores na Holanda, porque estarão ativando algo aqui em vocês como um remoto, a graça estará fluindo por vocês. Então após o pôr-do-sol nos seu país você começará, a partir de 3 de dezembro. Você não precisa esperar mais. Para se tornar um blessing giver você não precisa ir a Itália, a Fiji ou à Índia. E quanto você cobrará é completamente sua responsabilidade. Você decide na Holanda, ninguém vai ditar isto para você, ninguém vai escrever.
                 Eu quero fazer um pedido para as pessoas que não tiverem condições, a formação deve ser dada de grace. Mas tecnicamente não pode ser dada de grace porque o ciclo cármico tem que ser complete. Portanto as pessoas mais pobres devem oferecer a você pelo menos uma pequena flor, ou presente, ou o que ele quiser. Mas eles forem de classe média, classe média baixa, classe média alta, você pode fixar seu próprio preço, depende de você. Então não queremos ditar os termos disso. Então você pode coemçar direto em 3 de dezembro. Esta é a resposta para sua pergunta.

Onno: Muito obrigada Bhagavan. Nós estamos muito felizes com isto, porque acelerará o processo de trazer a Unidade para a Holanda muito rapidamente. Muito obrigada.
Bhagavan: Então vamos agora meditar por alguns minutes, três minutos.
________________________________________________________________________
BHAGAVAN’S SKYPE BROADCAST - HOLLAND, 30 NOVEMBER 2009.

Q1: What's your vision about the future and what role do you see for any of us, the trainers, the blessing givers and the organisation of Oneness Holland?

A1: Yes, it is important to understand that Oneness is a phenomenon which took birth in the year 1989. The phenomenon has been growing ever since.
        Now what is required is the dissolution of the organisational structure of Oneness, which means: people all over the world must take up the work. People in their respective countries, the blessing givers, the trainers must take up this work. So as the first step, from December 3rd 2009 after sunrise local time, the Oneness trainers would themselves be able to initiate people into becoming blessing givers after their course.
        They have this two days Oneness Experience course, that course they could conduct minus the video but assimilating the teachings into their own life and coming from their own experiences they must expound the teachings and then give a special initiation which we will be teaching you and then and there they will become blessing givers. They don't have to go to Italy or Fiji or India to become blessing givers. That is the first step.
          Then progressively we would like the trainers themselves to conduct other courses like Level 1 and Level 2, except Level 3. All other courses they should gradually learn to conduct themselves in their own countries. Level 3 alone would be an interaction between me and you, where I'm talking to you about spiritual matters, that is Level 3. That will go up until 2012 or at last 2014, thereafter that too will stop.
          So your role now is to have more trainers so that you could produce more blessing givers in the year 2010 and 11. 2012 is the year of action, that is the most crucial year when we will be getting into the process. In 2012 groups of blessing givers, small, medium, big could be formed all over Holland. And these people they must start giving deekshas to each other in a very special way which we will teach you in the year 2012, for example in the month January there could be 4 such events, that you will be giving blessings to yourselves; I will be participating in that. It would be stepped up in the month of February, March, April and in December 2012 every day I will be meeting you and every day you will be giving blessings to each other. That is the month of December 2012, when that happens collectively, not individually, collectively, you will be moving into higher states of consciousness. Whatever kind of consciousness you have been attracted to, or you have been desired, for example Christians would enter Christ consciousness, Buddhists Buddhist consciousness, Hindus Hindu consciousness and Muslims Islamic consciousness. These will not be the same, they will be very different from each other. That is why this movement is not called Sameness, it is called Oneness. But the strangest fact is though the Christian would move to Christ consciousness and a Buddhists would go to Buddha consciousness or a Muslim Islamic consciousness their experiences come together as one.
          Though they experience very different they will come together as one. So 2012 December this should happen, 2013 and 2014 we may hanging on to stabilize things. After 2014 Oneness is completely dissolved and all of us we go away to lead our simple, anonymous lives only to be forgotten. Because we do not want to perpetuate ourselves. If that happens Oneness will be destroyed. Oneness is not a concept, it is not a belief, it is a living experience. It should not express by thought or by people. So we live on and fade away, that is our plan of action. So shall we move on to the second question now?

Q2: How could we deal with the pain and insecurity that we feel now because of the situation in the Oneness organisation?

A2: This situation has arisen because we have initiated a process of dissolution, that is what have led to this kind of situation and in the coming months and years we will be speeding up that dissolution and as we finally completely will be dissolved, there will be no more pain what so ever. As long as Oneness remains an organizational structure this kind of things will be happening and this kind of pain will be there. So as we dissolve ourselves the big ....... disappears so wait for the final dissolution. The next question please?

Q3: Some Oneness trainers and blessing givers are still intensely immersed in getting their own process right. And now you are telling us that from 2010, Level 1 and Level 2 will be done by the trainers. How can we realize Oneness so fast in this condition?

A3: The phenomenon is closely observed in India and ever since 89 the phenomenon has been growing and we have gotten in times is growing by the week and we believe that in 2010 it will be very powerful, more powerful in 2011 and very, very powerful in 2012.
          So we believe that things which took a long time earlier could be done much faster. We have the experience with Indians now and we believe that will be the same also with Westerners and please don't forget what (name) a great Buddhist teacher ..........had said : "It is when the iron bird flies in the air awakening or enlightenment would happen in less than 3 minutes. That could be an exaggeration of course but the time has come, the iron bird has been flying there for quit some time now, so that time has now come.
          The things are moving dramatically faster, but that needs decentralization and dissolving of structures. What is holding back the phenomenon is the courses and the fee structure. When the courses are reduced and the fees cut down you'll find the phenomenon be growing very, very fast. That is the step we are taking now. For example if you are to come for a Level 1 to India it would just cost you 700 dollars. That is there will be no course fee at all, you will be only paying for the food, the accommodation, the laundry and internal transport. Now the same thing I belief if you go to Italy I think it would cost you more than 3000 dollars, that is what I understand. But here there are even cheaper things that we are launching also, it is almost free.. so the money factor is been removed very, very fast.
           And then the structure: you don't have to come all time to India to learn or to grow. The trainers could be strongly trained by us in a very big wave and they will be able to do a lot of work. Than Level 3, I will be available to you thanks to modern technology. You can ask me spiritual questions and .....to you directly and we will be meeting here together. Things have to be hastened, we have to move very, very fast now because there are just 2 more years left, 2010, 2011. In 2012 from January we have to start acting, so we can't have to follow structures to go to Italy or Fiji, pay that much. It is not going to work....and you have to stand on your own feet, you must become trainer, you must become teacher, you must become blessing givers, you must become everything, you must initiate people. You can't come all to India, that is never going to happen. We cannot afford to loose the great opportunity for mankind ... ..as to speak. That's the answer to the third question. I think all the questions are all over? (gelach) there seems to be some silence. (gelach)

Onno: Bhagavan, there is a question from a blessing giver , is it okay if he asks it?
Answer: O, yes, perfectly okay, go ahead.

Q4: Harmen, maybe you know him, Harmen, trainer, Harmen? He asks if it will be possible for the trainers to initiate people to be blessing givers in 2009 or in 2010.

A4: "No in 2009, December 3rd, I told you, after sunrise you can start initiating people. Shall I demonstrate you how it should be done?"
(Yes yes, from the audience). "Yes!"
Bhagavan points and asks: "Do you see this head" (Laughter from audience and yes, yes).
"There is a spot called bramasthan , it is a spot on the middle of the head. You must have seen small babies , the center of their head is starting as soft bone when born, which hardens, that is the spot So you take your middle fingers, put them together on that spot. First relax the person and you be relaxed. Put the middle fingers at that point The other fingers can rest on the skull The fore fingers must be like this and the thumbs like this), a bit like a pyramid. Now invoke that Divine Being which whom you have contact. If it is Christ you invoke Christ, if it is a Hindu God you invoke that Hindu God, if it is Allah you invoke Allah. Now the way you should do this is to pray to Christ or Allah, asking them to enter this person and to make him into a Blessing giver. You should repeat that prayer for three minutes. If you do not have a connection with anyone of these Beings then you can connect to AmmaBhagavan . Whether you connect or not, you should invoke AmmaBhagavan, we will come; you do not need to have a connection with us for coming but to other Beings you need a connection. But keep repeating that for three minutes. Then gently touch the blessing givers head with both your hands, just for a minute or so, then take them out, and then after 10 or 15 minutes he must go and give blessings to the others, maybe five people, 10 people, he must bless them, and then he must repeat this for the next few days, and then you'll find that all this is going through very , very beautifully and once he gets this conviction it will go much, much faster , and this will be very fast in 2010, faster in 2011, faster in 2012.  So all trainers in Holland, because we will be activating something here in you like a remote, grace will be flowing through you. So after sunrise in your country you are going to start it, say now and here from December 3rd. You don't have to wait any longer at all. To become a blessing giver you don't have to go to Italy or Fiji or India. And what charges you will fix up is completely your affair. You will decide in Holland, nobody will dictate this to you, nobody will write.
           I want to make one request that for people who can't afford it, it should be given for free. But technically this can not be given free because the karmic cycle must be complete. Therefore the poor person must at least offer you a small flower, or a gift, or whatever is given to him. But if they are middle class, lower middle class, upper middle class you can fix your own tariff, it's up to you. So we don't want to dictate terms on that. So you can start straight away December 3rd. That is the answer to that question.

Onno: Thank you very much Bhagavan. We are very happy with this, because it will speed up the process of bringing Oneness to Holland very fast. Thank you very much.
Bhagavan: So shall we now meditate for a few minutes, three minutes.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

+ Itália, Roma / Italy, Rome

Nesta conferência Sri Bhagavan explica como dar Deeksha com instruções sobre focar uma Intenção específica e alcançar milagres. Em 09 de janeiro de 2010. (tradução Denise Brito)

1. Relaxe a pessoa, e você também deve relaxar. O doador e o receptor devem assumir a mesma posição.

2. Tente sincronizar sua respiração com a do receptor.

3. Contemple o problema do receptor. Devemos indagar qual o problema e qual a solução desejada. Você deve esperar até sentir [compaixão] por ele com seu problema. Se o sentimento não estiver ali, a bênção não será poderosa. Você deve realmente sentir que esta pessoa deve ser ajudada. Enquanto você faz isso, começa a sentir completamente a outra pessoa. Você como que se torna um com seu sofrimento. Você pode chamar o divino. Você pode rezar ao divino. Você pode suplicar ao divino, você pode falar com o
divino. Você pode fazer o que quiser. Você pode se dirigir ao divino e dizer: “Por favor, ajude esta pessoa”. Depois da oração você deve ver a solução. Você não deve focar no problema. Você deve focar na solução.

4. Segurando a imagem da solução (por exemplo, [repetindo] “Esta pessoa tem dinheiro suficiente”) você coloca as mãos sobre ela. Repita a oração (como: “Por favor, dê isso a este homem”) e agradeça.

5. No caso de o sentimento não estar lá, peça-lhe para voltar numa outra hora. O sentimento é a conexão entre você e o divino, e entre o divino e a outra pessoa. Se não há sentimento você não deve ir adiante com a Deeksha.

6. Dando Deeksha você deve estar consciente que você é meramente um comunicador, um instrumento, você é somente um fio entre o divino e a pessoa. O divino quer ajudar mas precisa de intermediários. O divino escolheu você para ajuda-lo.

7. Como em seu banco, você tem uma conta de bom carma e outra de carma ruim. À medida que continuamos a ajudar pessoas assim, nossa conta de carma bom cresce e cresce e cresce. A vantagem é que você pode converter seu carma bom – usar seu carma bom para ajudar a si mesmo. Pode usa-lo quando de um problema com sua saúde, com um problema conjugal, com um problema de relacionamento. Então, enquanto você ajuda, torna-se apto a se ajudar.

8. E quanto maior sua comunicação com o divino, quanto maior sua fé, [tanto mais coisas], tudo pode acontecer. Você se tornará apto a obter tais resultados que poderão ser denominados de milagres. Mas não os veja como milagres. Todos podem fazer tudo.

9. O doador de Deeksha normal pode ajudar muitas pessoas sem esforço. Você deve agradecer ao divino por fazer de você seu instrumento.
_________________________________________________________________________________
BHAGAVAN'S SKYPE BROADCAST TO ROME, ITALY 1-9-10.
During this call Sri Bhagavan explains how to give deeksha (with instructions for how to hold a specific intent & achieve miracles) - very helpful! Thanks to Blessing Giver Steve Richie for making the partial transcript below.

1. Relax the person and you should also relax. The one receiving and the diksha giver should go into the same posture.

2. Try to synchronize your breathing with that of the receiver.

3. Contemplate on his/her problem. We must inquire what the problem is and what is the solution he wants. You must wait until you feel for him with his problem. If the feeling is not there, the blessing is not going to be powerful. You must really feel this man or woman must be helped. As you do this, you completely begin
to feel the other person. You sort of become one with his suffering. You can call on the divine. You can pray to the divine. You can beg the divine you can talk to the divine. You can do whatever you like. So, you can talk to the divine and say please help this person. After the prayer you must see the solution. You must not
focus on the problem. You must focus on the solution.

4. Holding the picture of the solution. For example, "This person has enough "money" you would place your hands on him. Repeat the prayer such as, "Please give this to this man" and say thank you.

5. In case the feeling is not there say please come back after some time. The feeling is the connection between you and the divine and the divine and him. If there is no feeling you should not go ahead with the diksha.

6. In giving the diksha you must be purely aware that you are only a communicator, an instrument, you are merely a wire between the divine and him. The divine wants to help but needs intermediaries. The divine has chosen you to help him.

7. Like in your bank you have a good karma account and a bad karma account. As we keep helping people like this, your good karma account grows and grows and grows. The advantage is you can convert your good karma or cash your good karma to help yourself. For a health problem you could cash your good karma. You have a marital problem you could cash your good karma. If you have a relationship problem
you could cash your good karma. So as you are helping you will be able to help yourself.

8. And the more the communication between you and the divine, the more the faith, anything can happen. You'll be able to achieve such results which could be called miracles. But we do not see them as miracles. So, anybody can do anything. 

9. The normal diksha giver can effortlessly help so many people. You should  thank the divine for making you an instrument.

+ Pretória, África do Sul / Pretoria, South Africa

CONFERÊNCIA DE BHAGAVAN COM PRETÓRIA, NA ÁFRICA DO SUL, EM 09 DE FEVEREIRO DE 2010.

BHAGAVAN: Namaste.
MODERADOR: Namaste. Obrigada por se juntar a nós.
BHAGAVAN: Amo todos vocês. É tão bom vê-los.
MODERATOR: Bhagavan, muito obrigada por nos honrar com este Skype. Nós estamos muito entusiasmados por ouvir, estamos muito muito felizes. Nossos corações estão realmente cheios com a presence. Muito obrigada por se juntar a nós.
BHAGAVAN: Eu também estou muito muito feliz. Podemos continuar com as perguntas ?
MODERADOR: Você gostaria que eu lesse as perguntas ?
BHAGAVAN: Sim, sim.

PERGUNTA 1: O movimento da unidade alega que a iluminação é um evento neurobiológico e que a benção nos ajuda a atingir aquele estado ao desestressar os lobos parietais do cérebro e estimular os lobos frontais. A questão é: explique a neurobiologia deste processo e o quais outras mudanças físicas acontecem no corpo no caminho do despertar ?

BHAGAVAN: O que acontece é que o que chamamos chakras, começam a rodar mais rápido. Para se tornar desperto os chakras precisam rodar numa velocidade de 33 mil vezes por segundo. Agora, eles são basicamente glândulas sem duto. Mas, se vistas misticamente, parecem tramas. Agora, a kundalini flui para estes chakras e eles começam a rodar. O que acontece é que sete áreas do cérebro de fato são ativadas ou desativadas. O cérebro poderia ser dividido em sete áreas as quais poderiam ser ou ativadas ou desativadas. Eu não entraria nessa grande profundidade porque você precisa ter uma idéia boa do cérebro. Mas os sintomas são muitos, e não significa que uma pessoa terá todos os sintomas. Você pode ter um sintoma, ou dois sintomas, ou você pode não ter muitos. Mas há uma variedade de sintomas.
                 Por exemplo, os olhos poderiam se separar levemente. Se você quiser tirar uma foto antes de seu despertar e depois, poderia haver um leve movimento dos olhos, um pouco separados. A forma como você ouve os sones é muito diferente, e a forma que você sente sabores é muito diferente, e a maneira com que você sente odores é muito diferente. Por exemplo, se há combinações de cinco, seis sabores, você escolheria um sabor por vez, e você pode não sentir o gosto do outro componente. Semelhantemente, com cheiros. Suponha que você combne dois, três aromas, você escolheria somente um deles. Então muitas coisas estranhas podem acontecer. E, também, você poderia desenvolver elevações na cabeça. Isso é possível. E, você poderia também encontrar algumas elevações coloridas no seu peito, como se fosse uma guirlanda ou colar, ou algo do gênero. Seu pulso poderia girar de forma diferente.
                   A pele poderia se tornar muito muito suave. Então muitas muitas coisas acontecem, mas, não podemos dizer “isto tem que acontecer”. Então, um ou dois, ou muitos destes sintomas poderiam acompanhar a mudança neurobiológica. Mas nós não devemos nos focar muito nisso. Isto não é tão importante. O que acontecerá, acontecerá. Por exemplo, alguns de vocês poderão ter visto, eu acho, no nosso web site, foi postado acho que ontem, a experiência do Edwin. (Assista ao vídeo: Edwin's experience.) Ele é uma pessoa totalmente desperta, da Holanda. Você descobrirá que ele vivenciou uma trinca atrás da cabeça quando a kundalini despertou após o recebimento de uma deeksha. Então, não precisa ser o memos para cada pessoa. Poderia ser muito, muito diferente. Talvez algumas pessoas possam se tornar meio mulheres, meio homens, qualquer coisa poderia acontecer. Muitas, muitas coisas. Então não vamos nos preocupar com isso agora. Quando as coisas acontecerem, eu começarei a explicar sobre elas. Então, vamos para a segunda pergunta.

PERGUNTA 2: OK. A segunda pergunta é, como um novo Deeksha giver eu tenho algumas perguntas sobre para quem eu posso dar Deeksha. A) posso dar Deeksha por meio das mãos ou por intenção, para pessoas com deficiências mentais ou com problemas cerebrais, por exemplo, crianças autistas ou com paralisia cerebral, as quais tem pouca reação ao mundo. Isto poderá ajudá-las ou estamos interferindo com sua condição cármica ? B) Precisamos alguma vez de permissão para…

BHAGAVAN: Iremos passo a passo primeiro. Então a deeksha poderia ser dada a qualquer um e todos. Não há necessidade de buscar-se a permissão de alguém se será uma deeksha de intenção. Poderia muito bem ser dada a crianças autistas ou com retardo. E como temos muitos casos nos quais entrega de Deeksha consistente por um period de seis meses resultou na redução de autism, e crianças mentalmente retardadas tiveram uma tremenda melhora nas suas habilidades e capacidades. Então, ela realmente funciona com todos tipos de pessoas, e se você for um Deeksha giver muito, muito poderoso, você pode tirar as pessoas da depressão. Mas, você precisa ser um Deeksha giver poderoso para isto, ou vocês precisam ser um grupo de Deeksha givers que estão dando deeksha. Isto realmente funciona para todos tipos de pessoa, e você pode usar isso sem permissão. Obviamente, eles não podem dar permissão também. Mas, para ser efetivo, você precisa saber qual o carma da pessoa. O carma deve ser o que ... mais rápido... Nós temos alguma dificuldade em explicar para os ocidentais como descobrir este carma, porque você precisa primeiro acreditar em carma, e como uma forma você precisa conversar com AmmaBhagavan, e nós contaremos a você qual é o carma da pessoa, o que aconteceu na vida passada da pessoa, porque isto está acontecendo, e o que deveria ser feito. É muito fácil instruir indianos sobre isso, mas temos que encontrar uma forma de explicar isto à pessoas ocidentais. Então eles podem identificar o carma. Veja, o carma é manipulado, e então você dá uma Deeksha, e acertará em cheio. Por exemplo, esta pessoa poderia ter feito algo em sua vida passada. Vamos dizer que privou algumas pessoas de algo, e portanto isto está acontecendo.
                      Talvez, se você puder levar aquela criança para algumas pessoas e seus pais pudessem fazer algo. Como, por exemplo, um senhor veio a nós muitos anos atrás e disse, “Parece que meu filho perderá sua visão em aproximadamente uma semana. Os médicos estão dizendo que é completamente incurável". Nós descobrimos que na sua vida passada este homem tinha privado muitas pessoas de sua visão. Então nós contamos a ele, ele era um homem muito rico. “Se você for em todos hospitais em sua região, onde estão as pessoas com problemas de vista, e pagar suas contas, e receber uma benção, você provavelmente será curado”. E este homem foi em todo hospital da cidade, hospitais de olhos, e pagou as contas de todos pacientes lá, e então recebeu uma deeksha. E o filho, já fazem alguns anos agora, sua vista está intacta. Então, você precisa identificar o carma, e então você obterá resultados muito, muito bons. Então vamos para a segunda pergunta.

PERGUNTA 3: Então vamos para a questão C. Eu ofereci dar Deeksha a minha irmã, e ela disse “Eu tenho pesquisado sobre a Deeksha na internet e na superfície parece um presente maravilhoso. Mas há relatos sobre emoções negativas e depressão como resultado, e portanto, eu prefiro não receber”. Você pode comentar sobre isso por favor ?

BHAGAVAN: Sim. Isto é como medicina homeopática. Às vezes, algumas condições são provocadas antes da cura ocorrer. Então, em alguns casos, as emoções e sentimentos negativos provavelmente emergirão. Mas então, se você tiver paciência por algum tempo, você será completamente curado. Pode haver um leve aprofundamento da crise antes de tudo estar limpo. Mas não se deve temer isso, deve-se continuar. Próxima pergunta, por favor?

PERGUNTA 4: Em um dos DVDs você disse que a Oneness é uma continuação do trabalho iniciado por Cristo, dois mil anos atrás, que foi abortado. Eu gostaria de perguntar: a) por favor explique que aspectos do trabalho de Cristo a Oneness está ativamente trazendo ?

BHAGAVAN: A Deeksha. O que Cristo estava fazendo era dar a Deeksha, e é isto que agora voltou. Esta é a resposta para esta questão. Segunda questão ?

PERGUNTA 4 B: E B, isto significa que a Oneness está ativamente preparando-nos para alguma forma de ascensão exemplificada por Cristo ? Nós seremos capazes de fazer milagres como Cristo fazia ?

BHAGAVAN: Sim, isto já está acontecendo. Já está acontecendo. As pessoas estão fazendo milagres. Pessoa estão alcançando estados mais elevados de consciência. Isto começou a acontecer e tem acontecido por um bom tempo. Agora está se accelerando muito muito rapidamente. Está acontecendo agora. Pessoas estão despertando e nós estaremos carregando muitos dos casos em nosso website. Como eu disse, eu já coloquei o despertar do Edwin. Nós estaremos em breve carregando as experiências de despertar de outras pessoas. As pessoas estão despertando. Estão indo para estados mais elevados de consciência. Eu chamaria isto de ascenção; e milagres, eu ao acho que você deveria contá-los de forma alguma. Milagres incríveis estão acontecendo, não apenas na Índia, mas em outras partes do mundo também. Todos estão fazendo milagres. É algo desse tipo agora. Próxima pergunta ?

PERGUNTA 5: Apesar de Cristo ser um com o Pai Celestial, ele ainda se relacionava com ele por meio da oração. Como você explica este paradoxo?

BHAGAVAN: Nós acreditamos que existimos em 21 reinos, às vezes quase ao mesmo tempo. Agora nós temos 7 chakras, temos 7 chakaras abaixo do corpo, 7 acima, e cada um deles representa um reino/nível da consciência. Ao aumentar a velocidade de algum chakra em particular você poderia entrar naquele reino de consciência. Agora, grandes seres como Cristo, existem simultaneamente em diversos reinos da consciência: o mais elevado e o mais mundane. Então eles poderiam se mover a palnos mais inferiors e sair em caso de precisar ajudar alguém. Então o Cristo que está no plano mundane poderia obviamente converser consigo mesmo no plano mais elevado, e quando ele faz isso, ele obviamente se referiria a si como seu pai, apesar de ser somente ele mesmo. Por exemplo, você sera capaz de ver você mesmo, se você ativar sua kundalini você está em reinos mais elevados da consciência. Você ficará espantado mas aquele ser sera alguém para quem você pagará obediência e a quem reverenciará muito. Mas quem é ? Você mesmo. Você pode verificar isto no seu próprio nível. É possível, todas essas coisas. Então obviamente, Cristo é somente um. Mas quando aquele que ele está adorando é ele mesmo. Como ele pode adorar a si mesmo ? Ele poderia ver a si mesmo como o Pai. E então, quanto a isso, seria por encarnação. Então, para alguém que sabe dessas coisas, não há paradoxo. É óbvio e muito simples. Mas se você não sabe que você existe simultaneamente em diversos reinos de consciência, então isto se torna um paradoxo. Então, eu acho que terminamos com as três questões. Como terminamos muito rápido, vamos fazer uma meditação mais longa, de cinco ou seis minutos ?
________________________________________________________________________________
BHAGAVAN'S SKYPE BROADCAST TO PRETORIA, SOUTH AFRICA, 09 FEBRUARY, 2010. Video 1. Video 2. Audio mp3 link.
BHAGAVAN: Namaste.
MODERATOR: Namaste. Thank you for joining us.
BHAGAVAN: Love you all! So nice to see you.
MODERATOR: Bhagavan, thank you very much for honoring us with this Skype. We're all very enthusiastic to hear, and we're very, very happy. Our hearts are really full of the presence. Thank you very much for joining us.
BHAGAVAN: I'm also very, very happy. Shall we go ahead with the questions?
MODERATOR: Would you like me to read the questions?
BHAGAVAN: Yes, yes.

QUESTION 1: The Oneness movement contends that enlightenment is a neurobiological event and that the blessing helps us to achieve that state by de-stressing the parietal lobes of the brain and stimulating the frontal lobes. The question is: explain the neurobiology of this process and what other physical changes take place in the body on the path to awakening?

BHAGAVAN: What happens is what we call the chakras, they start rotating faster. To become awakened, the chakras must rotate at the speed of 33,000 times per second. Now, they're basically ductless glands. But, if seen mystically, they appear as weaves. Now, the kundalini flows into these chakras and they start rotating. What happens is seven areas of the brain actually get activated or de-activated. The brain could be divided into seven areas which could either be activated or de-activated. I would no go into that great depth because you must have a very good idea of the brain itself. But, the symptoms are many, and it is not that one person must have all the symptoms. You might have one symptom, or two symptoms, or you may not have many also. But there are a variety of symptoms.

For example, the eyes could slightly move apart. If you want to take a picture before your awakening and afterwards, there could be a slight movement of the eyes, a little spread apart. The way you would listen to sounds is very different, and the way you taste is very different, and the way you smell is very different. For example, if there are combinations of five, six tastes, you would pick up a single taste at a time, and you may not taste the other component. Similarly, with smells. Suppose you combine two, three smells, you would pick up only one smell. So, many strange things could happen. And, also, you could develop bumps on the head. That is possible. Like Moses' horns. You could develop them. And, you would also find some colorful bumps on your chest, as though it was a garland or a necklace, or something like that. The wrist could turn very differently.

The skin could become very, very smooth. So, many, many things happen, but, we cannot say, "This must happen." So, one or two, or many of these symptoms could accompany the neurobiological change. But, we should not focus so much on that. That's no so very important. What will happen, will happen. For example, some of you might have seen I think on our website, just posted I think yesterday, Edwin's experience.

He's a fully awakened person from Holland. You'll find that he experienced a cracking at the back of his head when the kundalini got awakened after the deeksha was given. So, it need not be the same for every person. It could be very, very different. Maybe some people could become half female and half male, anything could happen. Many, many things. So, let's not worry about that right now. When things happen, I'll start explaining about it. So, we'll move on to the second question.

QUESTION 2: OK. The second question is, as a new deeksha giver I have some questions about who I can give deeksha to: A .Is it OK to give deeksha, either hands on or by intent, to people who are mentally disabled or brain damaged, for example, autistic or cerebral palsy children who have little response to the world. Can this help them or, are we interfering in what is a karmic condition? B. Do we ever need permission to...

BHAGAVAN: We'll go step-by-step first. So, the deeksha could be given to anybody and everybody. There is no need to seek one's permission if it's going to be an intent deeksha. It could very well be given to autistic children and retarded children. And we have a lot of cases where consistent deeksha giving over a period of six months has resulted in the reduction of autism, and mentally retarded children have had tremendous improvement in their abilities and capacities. So, it really works for all kinds of people, and if you are a very, very powerful deeksha giver, you could pull out people from depression. But, you must be a powerful deeksha giver for that, or you must be a group of deeksha givers who are giving the deeksha. It really works for all kinds of people, and you could use it without the permission. Obviously, they cannot give you permission also. But, for it to be effective, you must also know what is the person's karma. That karma must be what (recording garbled) faster... We have some difficulty explaining to westerners how to track down this karma because you must first believe in karma, and as a way you must talk to AmmaBhagavan, and we will tell you what is the person's karma, what happened in the person's past life, why this is happening, and what should be done. It is very easy to educate Indians on that, but we have to find some way of explaining it to the western people. Then they can identify the karma. See, the karma is handled, and then you give a deeksha, it's going to be a sure hit. For example, this person could've done something in his past life. Let's say he has deprived some people of something, and therefore this is happening.

Maybe, if you can take that child to some people and their parents could do something. Like, for example, a gentleman came to us many years ago and he said, "It looks like my son is going to lose his eyesight in about a week's time. The doctors are saying it is completely incurable." We found in his past life this man had deprived many people of their eyesight. So, we told him -he happened to be a very wealthy man-"If you would go to all the hospitals in your area, where people with eye problems are there, and pay off all their bills, and then take a blessing, you are likely to be cured." And, this man went around every hospital in the city, eye hospitals, and paid off the bills of all the patients there, and then he took a deeksha. And the son, it's quite a few years now, the sight is intact. So, you must identify the karma and then you'll get very, very good results. So, we move on to the second question.

QUESTION 3: so let's go to C. I offered to give my sister deeksha, she said, "I have looked into deeksha on the internet and on the surface it seems a wonderful gift. But, there are reports of negative emotions and depression as a result of receiving this, and therefore, I would rather not." Could you comment on this please?

BHAGAVAN: Yes. This is something like homeopathic medicine. Sometimes, certain conditions are triggered before the healing occurs. So, in a few instances, the negative emotions and feelings could probably emerge. But then, if you are patient for sometime, you'd be completely cured. There could be a slight deepening of the crisis before everything is cleared up. But, one should not fear that, one should go ahead with it. Next question please?

QUESTION 4: On one of the DVDs you said that Oneness is a continuation of the work started by Christ, two thousand years ago, that was aborted. I would like to ask: A. Please explain what aspects of Christ's work Oneness is actively bringing forth?

BHAGAVAN: The deeksha. What Christ was doing was giving the deeksha and that's what has now come back. That's the answer for that question. The second question?

QUESTION 4 B: And B, does this mean that Oneness is actively preparing us for some form of ascension as exemplified by Christ? Will we be able to do miracles as Christ did?

BHAGAVAN: Yes, it is already happening. It's already happening. People are doing miracles. People are moving into higher states of consciousness. It has started happening and it has been happening for quite some time. Now it's accelerating very, very fast. It's going on right now. People are becoming awakened and we'll be loading a lot them on our website. As I said, we've already loaded Edwin's awakening. We'll soon be loading other people's awakening experiences. People are getting awakened. They're moving into higher level of consciousness. I would call it the ascension; and miracles, I don't think you would count them at all. You find lots of people doing miracles, not one or two, but quite a number of them. Amazing miracles are happening, not just in India but in other parts of the world also. Everybody is doing miracles. It's something like that now. The next question?

QUESTION 5: Though Christ was one with the Heavenly Father, he still related to him through prayer. How do you explain this apparent paradox?

BHAGAVAN: We believe that we exist in twenty-one realms, sometimes almost at the same time. Now we have the seven chakras, we have seven chakras below the body, seven above, and each of them represents a realm of consciousness. By increasing the speed of any particular chakra you could enter that realm of consciousness. Now, great beings like Christ, they simultaneously exist in several realms of consciousness: the highest and the earthly realm. So they could also move into lower planes and come out in case they would want to help somebody. So the Christ who is on the earthly realm could obviously talk to himself in the higher realm, and when he does that, he would obviously refer to him as his father, though it is himself only. For example, you will be able to see yourself, if you activate your kundalini that you are in higher realms of consciousness. You'll be amazed but that being will be somebody to whom you'll pay obeisance and you would be very reverential. But who is it? Yourself. You can verify it at your own level. It's possible, all these things. So obviously, Christ is only one. But then the one whom he's worshipping is himself. How would he worship him? He would see himself as the Father. And so, it would be for any incarnation for that matter. So, one who knows these things, it's no paradox. It's obvious and very simple. But if you do not know that you could simultaneously exist in several realms of consciousness, then it becomes a paradox. So, I think we're finished with the three questions. Since we finished very fast, shall we go for a longer meditation of five or six minutes?

MODERATOR: Yes, that would be much appreciated. Thank you very much. Thank you.

+ Medo / Fear



O âmago do seu ser é medo. O que há no fundo dentro de você é apenas medo. Medo de perder isso, medo de perder aquilo. De falhar aqui ou alguma outra preocupação ali. O objeto do medo poderia estar mudando. O homem Neandertal tinha suas razões para estar amedontrado. O homem antigo que estava caçando tinha suas próprias razões para ter medo. Bem como o homem medieval. E o homem modern teme a queda da bolsa ou que sua esposa fuja dele. Então você tem todos os tipos de medo e basicamente o medo continuou ao longo da história humana.
Porque enquanto você existir haverá medo. Porque você não deveria existir. Você é apenas uma ilusão. E a todo momento há uma luta para sobreviver. A menos que formações mentais aconteçam o tempo todo. Você simplesmente pararia de existir. Se o cérebro parar de criar essas formações você terá partido. E a natureza está tentando fazer isto acontecer. Deus está tentando fazer isto acontecer. Mas você está resistindo porque você tem medo de partir. Você está assustado. Você pensa que é terrível ter partido. Mas o que você não percebe é que quando você ter partido é a maior alegria que você poderia imaginar. Você deveria perguntar àqueles que o fizeram.
Eu tenho perto de mim tantas pessoas que não existem, que partiram. Eles vivem em alegria todas 24 horas do dia. Nada jamais os afeta porque enquanto você existir você sofrerá. Porque você não sofre. Você equivale a sofrimento. Se você existir há sofrimento. Existir é sofrer. Porque você…. Existir. É uma limitação, é uma restrição. Não é a verdade.
Quando você parte o que há é amor sem causa. Simplesmente amor por nenhuma razão. O amor que você conhece tem uma razão. Este amor não tem razão. Ele simplesmente é. Se você vê um cachorro, você o ama. Se você vê uma formiga, você a ama. Se você vê um ser humano, você o ama. Simplesmente está lá, sem razão. E a alegria ? Sua alegria tem limites. Esta alegria não tem limites. Tudo isto acontece porque você não está lá. Se você está lá o amor que você conhece tem uma razão que não é o amor. A alegria que você conhece tem um limite. E a alegria que tem limites não é alegria alguma. Você tem que pular lá dentro sem saber nadir. Você tem que mergulhar de cabeça. Mergulhe, e tudo acaba.
____________________________________________
The core of your being is fear. What is deep inside yourself is just fear. Fear of losing this, of fear of losing that. Failing here or some other worry there. The object of fear could be changing. Neanderthal man had his reasons to be frightened of. The ancient man who was hunting had his own reasons to be afraid of. So the medieval man. And the modern man is afraid of stock market crash or of his wife running away from him. So you have all kinds of fears so basically fear has continued throughout human history. Because as long as you exist there will be fear. Because you are not supposed to exist. You are only an illusion. And every moment there is a struggle to survive. Unless mental formations are going on all the time. You will just cease to be there. If the brain stops creating these formations. You will be gone. And nature is trying to make that happen. God is trying to make that happen. But you are resisting it because you are afraid to be gone. You are scared. You think it is terrible to be gone. But what you do not realize is when you are gone it is the greatest joy you could ever imagine. Those who are left you should ask them. I have around me so many people who don’t exist, who are gone. They live in joy 24h of the day. Nothing ever affects them because as long as you exist you will suffer. Because you do not suffer. You is equal to suffering. If you are there there is suffering. To exist is to suffer. Because you have no...to exist. It is a limitation it is a narrowing down. It is not the truth. When you are gone what is there is causeless love. Simply love for no reason. The love you which you know has a reason. This love has no reason. It is just there. You see a dog, you love it. You see an ant, you love. You see a human being, you love him. It is just there. For no reason. And what about this joy? Your joy has got limits. This joy has no limit. All this happens because you are not there. If you are there the love which you know has is a reason which is not love. The joy you know has a a limit. And a joy which has limits is no joy at all. You have to jump into it without knowing how to swim. You have to take a plunge. You take a plunge, it’s all over.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

+ Relacionamento consigo mesmo / Relationship with oneself.


Sri Bhagavan talks about accepting oneself.

A coisa fundamental é: o que está lá não é importante. Se há comparação, inveja, frustração, raiva, ódio, o que houver não é o importante. O que é importante é: você olha para o que é, e ao olhar, aceita aquilo?
Vamos dizer que haja inveja. Então você primeiro fica consciente do fato de que há a inveja. A maior parte das pessoas nem tem consciência disso. Tendo consciência da inveja, que está causando muita dor, o próximo nível é aceitar a inveja, porque ela está lá. É um fato. Não há nada que você possa fazer, tudo o que você fizer só vai colocar para baixo do tapete, e logo vai cheirar mal.
No momento em que você aceita alguma coisa, (não importa o quê), não há desperdício de energia. E quando não há desperdício de energia, a energia está lá, e há somente alegria, e felicidade, e isto é tudo.
Isto não depende de nenhuma condição, da aquisição de um prédio ou de uma casa, ou do que for. Alegria e felicidade não dependem destes fatores, depende somente de um fator: da quietude da energia.
A energia está parada quando há aceitação, e antes de aceitar você precisa saber o que está lá. Então o que houver é totalmente desimportante, é por isso que estou dizendo que Deus não julga você, e se ele não os julga, por que você julga a si mesmo ?
E o que está lá é a mente humana... que tem milhões de anos, é uma mente antiga, não é a sua mente, ou a dele, é apenas a mente humana e essas coisas todas estão lá. A mente humana somos nós. Terá essas emoções, esses sentimentos, é a natureza básica da mente. Se você pegar o açúcar, ele tem um sabor, uma cor, e uma forma cristalizada, particulares. Essas são as características da mente. Alguns aspectos da mente fluem por você, outros por ele. Não há nada que você possa ou deva fazer sobre isso. Tudo que você tem que fazer é: “a-haa”, está aí, sim, está aí, e abrace-o/aquilo. Seja amigo, aceite e quando você faz isto o conflito cessa, e então a energia não é desperdiçada – a energia está lá e há apenas alegria e felicidade. É simples assim.
Não adianta fazer pranayama, fazer isso e aquilo. Essas coisas é claro, tem seu próprio efeito, mas de novo você entrará em conflito, e de novo o problema começará, dando a você alívio temporário. Se você quer alívio permanente, você precisa aprender a não lutar consigo mesmo, e isso é aceitar o que quer que seja que haja. Deus não julga você, por que você deveria julgar ?
Sempre que você confronta essas coisas, medo, raiva, etc, eles começam a te contar uma história. Uma vez que a história é contada, não há mais problema. No começo é difícil, depois você percebe que é tentador...
À medida que você vê seu lado negativo, seu lado escuro, estranhamente você pára. Você sabe que é verdade e com isto vem alegria também, e com esta alegria você logo descobre que há completa ausência de conflito. Não que seu lado negativo tenha sumido. Você não pára de sentir inveja, raiva, medo, não. Mas pela primeira vez você será capaz de dizer “sim, eu sou isto, não tenho vergonha, é a única verdade, eu estou sendo verdadeiro”. É então que você toma o primeiro passo rumo à espiritualidade, que é também o último passo...
Você acha que há algo para fazer para chegar lá. Se você é uma pessoa invejosa, você não vai ficar sem inveja. Se é uma pessoa medrosa, não vai ficar sem medo, e corajosa como um leão. Você não pode mudar. Tente quanto puder, você não pode mudar.
Então o ensinamento aqui é você não pode mudar e não há necessidade de mudança. Porque você foi desenhado desta forma, e você é isso. Portanto você aceita: a-haa.. eu não posso mudar, então o que tem a ser feito: nada a fazer. Então não tem nenhum problema, porque fui desenhado desta forma. Você não desenha a si mesmo. Deus desenha você e de propósito ele fez você assim. Então há completa aceitação, quando você aceita o que está lá, isto é um convite, é sadhana, é tudo.


Bhagavan talks about loving oneself.

Todo amor começa com o amor por si mesmo. Você só pode fazer para os outros o que você faz para você mesmo. Contemple isto e você descobrirá que a forma como você se relaciona com você mesmo é a forma com que você se relaciona com os outros.
Se você condena ou critica a si mesmo por todo pensamento, palavra ou ação sua, você certamente fará o mesmo aos outros. Se você fica aborrecido ou incomodado com seus pontos fracos, suas deficiências, você o fará com os pontos fracos e deficiências dos outros.
Quando você pára de se preocupar consigo mesmo e aceita a si mesmo como você é, você se apaixona por si mesmo, você fez paz interior, e portanto com o mundo. Paz e amor são sinônimos.
Lembre-se que para amar seu vizinho, é preciso amar a si mesmo primeiro.

+ Entrevista sobre a deeksha e Movimento da Unidade

Trecho de entrevista concedida por Marco Sanchez a jornal da região de São Paulo recentemente. Marco Sanchez é instrutor e coordenador do Oneness Movement no Brasil formado na Oneness University (Universidade da Unidade) no sul da Índia.


PERGUNTA: O movimento Oneness prega que a humanidade alcance um nível maior de consciência?

MS: Oneness Movement, o Movimento da Unidade, foi criado por Sri Amma e Sri Bhagavan, um casal de professores visionários, para ajudar a elevar o nível de consciência dos seres humanos. A compreensão fundamental da Oneness no que se refere à transformação interior é que para o despertar é necessário, além da intenção pessoal uma intervenção externa superior. E que toda transformação é no final neurobiológica, ou seja, um realimento físico e energético no cérebro. Essa mudança no cérebro exige uma intervenção de algo ainda mais superior do que apenas a mente. Seja qual for o nome que dermos a esse fenômeno, é bem evidente que, na vida dos mestres iluminados do passado ou da atualidade em algum momento alguma coisa mudou em seus cérebros físicos e resultou uma mudança profunda em suas consciências. Segundo reza nos preceitos da física quântica, quando uma mudança atinge sua massa crítica ela gera um salto quântico. E é esse salto quântico que Amma e Bhagavan propõem para toda humanidade. Tornar o ser humano total e incondicionalmente livre.

PERGUNTA: Como e quando o movimento surgiu?

MS: É um movimento mundial que nasceu na Índia em 1989. Bhagavan acredita que o sistema educacional de ensino destrói a verdadeira humanidade existente nas crianças, destrói a criatividade e a capacidade de se relacionar livremente, por isso ele criou uma escola diferenciada para crianças onde o foco principal era ensiná-las a arte de se relacionar em harmonia. O resultado foi surpreendente, muitos dos alunos ao chegarem à adolescência, 11 a 13 anos, se iluminaram completamente além de uma série de fenômenos extraordinários que ocorreram e que sinalizaram que o fenômeno havia começado. Inclusive foi um momento muito importante pra humanidade com a queda do comunismo e a guerra fria e outros significativos acontecimentos. Foi como a fecundação de uma nova era que deverá nascer no ano de 2012. Este fenômeno que ocorreu em julho de 1989 tem se expandindo por todo planeta com objetivo de fazer com que toda humanidade encontre coletivamente sua verdadeira natureza de amor e consciência.

PERGUNTA: Quais são seus benefícios da Diksha?

MS: A Oneness Diksha é uma energia de natureza sutil e transformadora. O objetivo final é despertar nas pessoas uma consciência elevada num processo paulatino resultando num estado de unidade onde ela estará em paz com sigo mesma e as pessoas ao seu redor com a natureza e tudo aquilo que é. Neste estado a pessoa sente um profundo senso de conexão com todas as formas de vida a sua volta.

PERGUNTA: Como ela é transmitida?

MS: Segundo Amma e Bhagavan estes estados de consciência podem ser transferido a outras pessoas como o conhecimento e a sabedoria. Isso forma a base da antiga tradição de iniciados onde os mestres despertos transferem aos seus discípulos sabedoria ou seus estados de consciência através de anos de preparação. Assim como a água flui de lugares mais altos para lugares mais baixos a graça flui do ponto de maior consciência para o ponto de menor consciência. A Diksha é um fenômeno sem precedentes por sua característica de alcance coletivo e de fácil transmissão. Essa experiência de transferência de energia não está vinculada a dogmas ou doutrinas, e a forma mais comum que ela é transmitida é com a imposição das mãos sobre a cabeça, porem ela pode ser transmitida também a distância, com o olhar e com o abraço de um Diksha Giver (pessoa iniciada na Índia) diretamente para o receptor. O Diksha Giver funciona como um simples canal da energia.

PERGUNTA: Quais os Efeitos da Energia Diksha na Consciência humana?

MS: A Bênção da Unidade ou simplesmente Diksha traz uma sensação a pessoa que recebe (Diksha receiver) que o leva a experimentar tudo de forma profunda, plena e capaz de provocar extrema alegria. A Diksha promove um aumento na consciência de quem a recebe por causa de uma transformação neurobiológica no cérebro, ou seja, como uma ativação dos lóbulos frontais e desativação dos lóbulos parietais na região posterior. Desta forma aumenta os estados de alegria e de amor, ou seja, aumenta um senso de maior conexão que é nitidamente perceptível logo nas primeiras vezes para quem a recebe.

PERGUNTA: É possível comprovar as alterações neurobiológicas e emocionais decorrentes de uma sessão de Dikshas?

MS: Pesquisas científicas através do neurocientista Dr. Andrew Newberg da Universidade da Pensilvânia estão sendo realizadas atualmente para estudar em mais detalhes os efeitos transformadores da Diksha no cérebro humano. Brevemente ele publicara em uma revista respeitável dentro desta área e assim teremos também a comprovação dentro dos parâmetros aceitáveis da comunidade científica.

PERGUNTA: É possível iluminar-se sem abrir mão dos prazeres mundanos?

MS: A Diksha não está confinada a nenhuma crença ou religião em particular. Qualquer pessoa seja de qualquer religião ou crença estará bem vinda para receber e desfrutar dos benefícios dela. A Diksha também não exige que a pessoa mude sua crença religiosa atual, mas ao contrário, a Diksha facilita a experiência direta seja qual for a crença em que ela acreditar, a intenção central por trás do fenômeno é facilitar o despertar direto para a verdade daquela própria pessoa, seja ela qual for essa verdade. Pode ser recebida em qualquer idade ou estados de saúde. A evolução da consciência de uma pessoa se manifesta através de mudanças em todos os aspectos de sua vida, ou seja, saúde, riqueza, relacionamentos e desenvolvimento espiritual. Bhagavan nos diz que quando uma pessoa aprender a amar saberá exatamente como viver.

PERGUNTA: Qualquer pessoa pode se tornar adepta do movimento? Com cursos e vivências o Oneness promove a cura emocional e ensinam sobre a natureza da mente e do sofrimento?

MS: Qualquer pessoa está apta a se tornar um Diksha Giver, desde que passe por um curso preparatório dado pelos Oneness trainers. No Brasil existem 3 destes Instrutores formados pela Oneness University na Índia que estão credenciados a dirigirem esse tipo de treinamento. Depois deste treinamento o candidato passa por outro curso de uma semana na Índia onde receberá uma iniciação que o habilitará a entrega da energia Diksha. A Oneness University forma seus instrutores para ministrarem cursos que basicamente servem para ajudar os alunos a se relacionar com harmonia, paz alegria e amor em suas vidas. No Brasil existe mais de 250 Diksha Givers e milhares de pessoas que já desfrutaram dos benefícios da Diksha. No mundo já somam mais de 40 mil Diksha Givers e o movimento vem recebendo adesão de milhões de pessoas que ao entrarem em contato com a energia Diksha experimentaram transformações reais em suas vidas. No Brasil existem mais de 50 postos de entrega de Diksha. Você poderá consultar o local mais próximo de você através da lista no site www.aeradaluz.com. Como também aqueles que entram em contato conosco poderão recebê-la a distância, por internet ou telefone. Namaste! (Palavra sânscrito que significa: Meu Deus interior Saúda seu Deus interior).

* Marco Sanchez é instrutor e coordenador do Oneness Movement no Brasil formado na Oneness University (Universidade da Unidade) no sul da Índia. Ministra cursos para os brasileiros interessados em ter uma experiência de unidade como também prepara candidatos a tornarem-se Diksha Givers. Mantém um programa DE WEBTV semanal ao vivo todas as quartas-feiras as 19h30, transmitido pela emissora www.yestv.com.br. As reprises do programa Momento Luz e as informações adicionais sobre o Movimento da Unidade no Brasil poderão ser encontradas no site www.aeradaluz.com. (Botão NOTÍCIAS)

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

+ Olten, Suíça / Olten, Switzerland

VÍDEO-CONFERÊNCIA DE BHAGAVAN COM OLTEN NA SUÍÇA, EM 23.01.2010. Vídeo.


B: Namaste
S: Bhagavan, namaste. Estamos tão felizes de vê-lo aqui hoje e somos muito gratos e queremos que você saiba. Obrigada por conversar conosco hoje. Nós estamos em 46 pessoas na sala e 5 deeksha givers recém iniciados. Então não traduziremos durante a conferência para não desperdiçar seu tempo e então posso começar com a primeira pergunta ?
B: Sim, sim.

PERGUNTA 1: Prezado Bhagavan, a Suíça, como um país neutron e como a sede mundial da Cruz Vermelha frequentemente tem um papel de intermediador entre países que tem diferenças entre si. Por favor nos diga que papel e tarefas específicos tem os Deeksha givers suíços e se você recomenda exercícios específicos para nós neste ano e no período entre 2010 e 2012?
BHAGAVAN: Eu tenho dito com frequência que países diferentes no planeta representam certas areas no cérebro humano. Como a África representa o lado emocional do cérebro, e a Alemanha representa a ordem no cérebro e a área ao redor de Jerusalém representa a área pertinente à realização de Deus. Então a Suíça definitivamente tem um papel específico como nós estamos indicando. Ela provavelmente trará bastante harmonia para o planeta. Mas o que acontece à medida que mais blessing givers emergirem na Suíça e alcançarem estados mais altos ? A Suíça pode trazer mais harmonia para o mundo. E vamos dizer que se os alemães alcançarem estados mais elevados, haveria mais ordem no mundo, e se no Oriente Médio trará muito mais realização de Deus. Então todo país, a Índia por exemplo, pode trazer mais despertar. Então funcionará desta forma.
                 Então definitivamente a Suíça, com seu passado histórico, deveria ter bênçãos acontecendo na Suíça. Eu acho que no mundo todo. Esta será a contribuição da Suíça. Mas nós não teremos nenhum exercício específico ou sadhana para isso. Vamos pegar quaisquer outros blessing givers que estão trabalhando em prol do despertar, os mesmos procedimentos serão usados, mas o efeito no planeta será diferente. Isso acontecerá naturalmente. Nós não temos um foco especial nisso. Esta sera a contribuição do seu estado. Á medida que mais de vocês alcançarem estados mais elevados ….
                Esta será sua contribuição. Acontecerá muito naturalmente. Então, minha resposta será breve porque nós temos somente um tempo muito curto. Provavelmente, eu continuarei a falar sobre isso mais tarde. Vamos seguir para a segunda pergunta por favor ?

PERGUNTA 2: Prezado Bhagavan, durante os cursos nós temos aprendido que somos capazes de alcançar tudo que queremos praticando a intenção e esforço, e então esperar pela Graça. Por outro lado você está ensinando a abordagem sem esforço, a qual você explicou muitas vezes para nós usando o exemplo da corda e da cobra. Nós não unimos estes dois ensinamentos. Como sabemos quando fizemos esforço suficiente e podemos simplesmente esperar a Graça chegar ? E o que está errado se a Graça está faltando ? Por favor nos dê mais esclarecimentos sobre isso.

BHAGAVAN: Isso pode lidar com duas variedades de pessoa. Aquelas que querem solucionar problemas mundanos e aquelas que querem se despertar. Poderíamos até dizer que há um Dharma para os não iluminados e um Dharma para os iluminados. Há dois dharmas separados porque a não ser que se foque também em riqueza, satisfação dos desejos e contribuição. Então o primeiro foco é na riqueza, na verdade. Então peguemos a nova consciência para maior riqueza. E então queremos satisfazer nosso desejos, do tipo de um homem ou mulher que querem se casar, ou o que quer que queiram. Você foca nisso, nos relacionamentos e então na contribuição, finalmente isso segue para o despertar.
                        O ensinamento do esforço sem esforço se refere ao mundo interior para aquele que está buscando o despertar. O outro ensinamento, intenção-esforço-grça, se refere ao mundo externo ou realizações externas. Suponha que você quer ter riqueza suficiente, o que dizemos é tenha intenção e coloque o esforço, e então a grace assumirá. Isso é puramente para coisas externas, não para o mundo interno. E agora algumas ezes depois você coloca a intenção e o esforço e a grace ainda não vem, então você não se rendeu ao Divino. Então você coloca todo seu melhor esforço antes. Sem esforço a grace não responderá. E então a intenção deve ser muito muito forte. Este é o começo, de fato, a intenção, depois o esforço. Então você deve dizer “bem, isto é tudo que eu posso fazer”, mãos para cima, pois você não pode fazer mais nada. “Então por favor Senhor ou Deus”, ou seja como você quer chamar, “por favor agora assuma o controle e me ajude”. Deve ser rendição genuína, senão, algum tipo de rendição barata, não, algum tipo de...., não. Você percebe que você fez tudo que você possivelmente poderia fazer e você não pode fazer mais nada. Como por exemplo você poderia cair de um avião. Se você tiver a inteção de se salvar e então você de repente pensar que gostaria de cair em uma praia ou algo assim então o que mais você poderia fazer além de se render completamente, então a graça poderia operar um milagre.
                        Na verdade eu conheci um piloto. Ele disse que seu avião pegou fogo. Eu acho que era um avião de combate ou algo do gênero, deveria ter explodido, mas estranhamente não explodiu e o homem aterrisou e está completamente intacto. Isso aconteceu. Ele disse “meu Senhor Jesus”, ele é um cristão; ele disse “meu Senhor Jesus me salve”. Então obviamente a oração foi muito muito forte. Isto é quando você passa bola adiante, quando você percebe que você não pode fazer mais nada. Mas enquanto você pode fazer algo, você tem que faze-lo, você não deveria estar buscando por ajuda. Ela pode vir do Divino. Apenas no ponto no qual você diz eu não posso fazer, neste ponto você terá que orar e pedir por ajuda. Então a graça definitivamente virá. Então é isso. Podemos seguir para a terceira pergunta ?

As perguntas seguintes serão traduzidas nos próximos dias.
BHAGAVAN’S SKYPE BROADCAST TO OLTEN, SWITZERLAND ON 01-23-2010. Video

B: Namaste dear
S: Bhagavan, namaste. We are soo happy to see you here today and we are very grateful and this we want to express to you. Thank you for talking with us today. We are 46 people in the room and we are 5 recently initiated new Deeksha givers, you should know that please. So we won't translate during the conference for not wasting your time and so may I start with the first question?
B: Yes, yes.
QUESTION 1: Dear Bhagavan, Switzerland as a neutral nation and as the worldwide headquarters of the Red Cross often plays the role as an intermediator between countries that are at odds with one another. Please tell us what the specific role is and what the specific tasks are of the Swiss blessing givers and do you recommend specific exercises to us for this year and for the time from 2010 until 2012?
BHAGAVAN: I have often said that different countries on the planet represent certain areas in the human brain. Like Africa represents the emotional side of the brain and Germany represents order in the brain and the area around Jerusalem represents the area concerning God realization. So Switzerland definitely has a specific role as we are pointing out. It will probably bring in a lot of harmony on the planet. But what happens as more blessing givers emerge in Switzerland and they move into higher states? Switzerland can bring more harmony in the world. And let's say the Germans move into higher states, it'll be more order in the world and the Middle East when most people move into higher states, it will bring much more God realization. So every country, India for example, can bring about more awakening
                       So it will work like that. So definitely Switzerland with its past historical road, it should be that where there are blessings happening in Switzerland. I think in the whole world not only in Switzerland. That will be Switzerland's contribution. But we won't have any specific exercises or Sadhana for that. Let's take any other blessing givers which are working towards awakening, the same procedures will be used, but the effect on the planet will be different. That will happen very naturally. We don't have a special focus on that. That will be the contribution of your state. As more of you move into higher states that will be ...(4:36??).
                       That's your contribution. It will happen very naturally. So, my answer will be brief because we only have a very short time. Probably, I will take this up later on. So shall we move to the second question please?
S: Thank you, dear Bhagavan, for this answer.

QUESTION 2: Dear Bhagavan, during the level courses we have learned that we are able to achieve everything we want by practicing intent and effort and then wait for grace to come. On the other hand you are teaching the effortless effort approach which you have explained many times to us using the example of the rope and the snake. We don't bring these two teachings together. How do we know when we have done enough effort and can just wait for grace to come? And what is wrong if grace is missing? Please give us more clarification about that.
BHAGAVAN: That might deal with the two varieties of people. Those who want to solve worldly problems and those who want to become awakened. We could even say that there is a Dharma for the unenlightened and a Dharma for the enlightened. Unenlightened and the enlightened; there are two separate Dharmas in that, because unless one focuses also on wealth, fulfillment of desires and contribution. So the first focus is on wealth actually. So we take the new conscious for greater wealth. And then we want to fulfill our desires the kind of woman or man we want to marry, or whatever you want. You focus on that, on the relationships and then on the contribution, finally it moves to awakening.
                   The effortless effort teaching refers to the inner world for those who are seeking an awakening. The other one, intent - effort - grace, refers to the external world or worldly achievements. Suppose you want to have sufficient wealth, what we say is have the intent and put the effort and then the grace will take over. This is purely for external things, not for the inner world. And now some times after you put in the intent and the effort the grace is not still coming, then you have not surrendered to the Divine. So you put all your best effort first. Without effort the grace will not respond. And then the intent must be very very strong, that's the beginning fact, the intent, then the effort. Then you must say "well, this is all I can do," hands up, for you cannot do anything more. "So please Lord or God," or whatever you want to call that, "please now take over and help me." It should be genuine surrender, if not, some kind of cheap surrender, no, some kind of ...(7:25??) , no. You realize you have done all that you possibly could do and you can do nothing more. Like for example you could fall down from an aeroplane. If you have the intent to save yourself and then you suddenly think you would like to land on a beach or something then what else could you do than completely surrender, then the grace would work a miracle.
                Actually I met a pilot. He said his plane caught fire. I think it's a fighter plane or something, it must have exploded, but strangely it did not explode and the man landed and is completely intact. This happened. He said "my Lord Jesus", he happens to be a Christian; he said "my Lord Christ saved me". So obviously the prayer was very very strong. That's when you hand over, when you realize you can't do anything more. But as long as you can do something you have got to do it, you should not be looking for help. That can come from the Divine. Only at the point where you say I cannot do, there you will have to pray and ask for help. Then the grace will definitely come. So that's about that. Can we move to the third question?
S: Thank you for this answer, Bhagavan.

QUESTION 3: How does it happen that we have forgotten that we are God? How can a little ego come into existence that feels separated from oneness?
BHAGAVAN: Yes. So there seems to be a divine plan. We could possibly safely assume, that in the beginning man was awakened, was enlightened and that he had no sense of separation. Even now small children at sometimes age two or three, they do not have a sense of separation. It's only afterwards that they develop a sense of separation. Maybe there is a divine plan behind it.
                 Now what exactly happens is when we are seeing we don’t hear, when we hear we don’t see when we smell we don’t feel touch, when we touch we don’t taste. So senses function actually independently, but they coordinate so fast, it appears as though they are all functioning at the same time. That is what creates the illusion of separation. Now what happens in the awakening processes is that the coordinators slightly slow down. The moment it is slightly slowed down, the self is gone. That is, the sense of separation is gone. What is there is oneness. Oneness does not mean you are becoming one with that. It is not that at all. There is just the one, that's all. Now what we’re trying to do in the processes is when we receive and we give deeksha and we are passionate about awakening, it ultimately leads to slowing down sensory coordination. With that you are one and if that happens for something like 7 minutes, you will never ever come back. It’s over and that is what we are trying to get to.
                 Now probably had man, been made without this sensory coordination, he might have just felt as one. And probably there might not have been this civilisation and all this...(10:42??) it might have continued we live in the stone age. Maybe nature or God has a different plan so he brought about the sensory coordination, the sense of separation and then the ego and then the struggle and it all has its history: nation, societies, all these cultures, science, technology have built up all these things. Now probably the time has come in order to survive. We will have to remove the sense of self because we already built up a great civilisation, it has the computers, and may be now without the self and the ego this would continue to develop. Maybe that's why they say 2012, they have to slow down the sensory coordination and we all become awakened. So it's now in your hands now, you are to receive and give the blessings. Giving blessings is more powerful than receiving blessings. You must know that.
                Now here is a simple example of a television set, a DVD player and the source of power, what we call the plug-point in India, I don't how you would call that, where you put in the plug where you get the power. Now the television set could be considered to be your
                 consciousness and the mind is the DVD player and the source of power is the deeksha. Now, in the DVD player, the mind, you could put any teaching, you could put the teachings of Christ or Buddha or Allah or something good teaching or anything like, you could put, it's completely yours, this is your DVD and you could put whatever you want. And then plug in the deeksha, the deeksha ...(12:20??) that is the source of power. And then the DVD is where's the deeksha giver's consciousness. So with a Buddhist DVD, you get the Bhuddist enligthenment, with a Christian teaching, you get the Christian enlightenment, with Islamic
teaching, you get Islamic realisation. There’s no separate. Deeksha in certain things in Switzerland is neutral. It does not take any sides. (smile) You put any DVD there you’ll make it a spiritual experience. (laughter ) That`s all. Down the line somewhere, you`ll find that things slightly slow down. In fact for some people you actually see the eyes go little apart. We`ll take a picture before they are awakened and after the awakening you find the eyes are slightly move apart. That`s why the ...(13:04??) slow down, that's what we call the neurobiological law phenomenon.
                  If that happens it's permanent, there's peaceful. Before that happens you can still be in a great state, but it may come and it may go. But once this happens it is permanent and it can't be reversed. That's the answer for that question. What else?
S: Thank you very much Bhagavan.

QUESTION 4: In the conference with Texas Dallas at 12th of December you have said - I citation now: "The one appears as the many, we do not say that the one becomes the many." Please can you explain the concrete difference between appears and becomes. What exactly does this difference between appears and becomes mean? How does this difference concretely expresses itself at human being and in the emerging universe and on our earth?
BHAGAVAN: Now you feel that you are separated from the other, you are separated from that wall or that pillar there or that door there and a?? family is separated from the other. Now the strangest thing is, the moment the sensory coordination is slowed down, instantly you find that you are not separated from the other, in fact, you are the other. That does not mean you become the wall or the tree there. What happens is - here we give a teaching - the observer is the observed. That is, there is no more the bird, the me, the I. ?? what is there is the pillar, the door, the wall, that is all that is there. And that defines you.
                    The only way to say that you are there is the hall, these pillars, those people, the others define you. In that sense only the other exists. You do not exist. And all that is there, you are all that. So instantly the sense of separation has gone. There's a wall, there's a door, there's the room, there are the people, they all were separated from you, instantly it's gone. All that is there is only one. The pillar is no different from the door, ??is appearing as though it was separate, but in truth it's not separate. There's this slight slowing down of our senses, it's all gone. But there is another (oneness??) state,?? The kundalini still fires higher up, then you would actually feel that you are the wall. You feel it you became the wall. If there is an animal passing you are the animal breathing. ??That is a super state. We are not going to super states. We are going to simple awakening. Simple enlightenment where you are not there. All that is there is there. That's the oneness we are talking about. And there is no more the illusion of the separation, the illusion is gone. A trick that the brain plays.
                 The brain is the trickster. It's tricking you into believing that it's all separate, but it's not. So we are going to that a bit later in the following skypes. The third question is over, next.
               
S: Some organizational questions: we want to ask if it is further on possible for a group of interested people who are a strong branch of dedicated blessing givers to have further on our monthly conferences with you because Tejasaji has just told us that the coordinators of Switzerland will also make the conferences but we're asking if the group who wishes to can also have their own conferences on a monthly base ?
BHAGAVAN: See, there are countries, which have coordinators, there are countries which do not have coordinators. So if in a country there is a coordinator, we expect all of you to come to the coordinator, for organisational reasons. It makes it easier for the coordinator and also it will be easier for you. Now Phillip and Lydia, they are the coordinators. They will remain as the coordinators, we will not be removing anybody from the coordinator ship. If anybody happens to get removed or anybody has resigned, they will never be replaced, it’s a mark of respect for the coordinator, who built up that all. Having said all that, if there are people, who do not wish to come to the coordinator, they can directly link up with the university and have direct link to the university. They will not be stopped but we won't be telling you: "come to the coordinator". We only say we request you, it will be easier for you and for us. Of course we will say that. But if you have your reasons whatever your reasons, we are not concerned about the reasons. If you take that stand, you do not want to come to our coordinator, you are most welcome to, come directly to us. We're not gonna say no to you. But the coordinator will continue, the coordinator will not be replaced.
                   The coordinators have their own schemes. They might go their own way with their own organisation. That will go on, we won't be disturbing them. They have the right and the freedom to go on with the organisation. If you don't want to be part of it, you people can get another organisation or you can come to us independently. You have your freedom. They have their freedom. There is no need for a conflict or a clash. 
                    But one thing has to be made clear to you: You can not be also part of the One World Academy. You can not be in both the organisations, that is not possible. You can not be a communist and a capitalist at the same time. You can not be a democrat and a republican at the same time. Either you are a democrat or a republican, a communist or a capitalist. You cannot belong to two organisations which are opposed in more than one way. That is so, either you are here, or there. We are not enemies. But a simple thing: how can you be a democrat and a republican at the same time? I'm not sure, are there parties in Switzerland? Different political parties?
S: Yes.
BHAGAVAN: Can you be a member of all the parties at the same time?
S: No.
BHAGAVAN: See, you have the same case here. That's all there is to it. If somebody wants to be in the other organisation they are welcome to be there, but they can not continue to be here. That's all. And if someone doesn't like the coordinators you can do your own thing and do what you want. That does not mean they should be dissolved or they should be removed. They have the right to exist and to do whatever they want. You have the right to exist and to do whatever you want. There is total freedom. Remember the most important thing is: to set men totally and unconditionally free. You have your freedom. No problem at all.

S: Thank you for confirming this, dear Bhagavan. So, we are asking you to give us a very strong blessing for the growth of each of us and for Switzerland as a country and a special blessing for our exactly 5 new blessing givers initiated two weeks ago. This we are asking for. And we are saying thank you very very much, dear Bhagavan, for this beautiful first meeting with you and for your answers and your teychings and we hope to meet you now on a monthly base.
BHAGAVAN: Yes, you are most welcome. I`ll be very happy to give a blessing for the new blessing givers. While we meditate I`ll do the blessing also. Shall we now move into meditation?
S: Yes, we will. Thank you, Bhagavan.
BHAGAVAN: Love you all.